Queijo Canastra

queijo-1392139277788_956x500

A PROCEDÊNCIA

Para ser autêntico, o Queijo da Canastra precisa ser feito em um desses 7 municípios: São Roque de Minas, Medeiros, Vargem Bonita, Tapiraí, Delfinópolis, Bambuí e Piumhi. Essas cidades formam a área delimitada pela Indicação de Procedência Canastra.

O queijo é muito mais do que um produto na região, ele representa uma identidade cultural, tradições e faz parte da história de quase todas as famílias dali.

A Região do Queijo da Canastra é um território unido por características naturais e culturais. Uma grande parte da Serra da Canastra está dentro da Região do Queijo da Canastra. O seu desenho lembra um baú, que os antigos chamavam de canastra. Até o Rio São Francisco nasce ali, bem no quintal. Sem falar nos campos naturais, nascentes e cachoeiras como a Casca D`Anta, uma das maiores do Brasil.

O FAMOSO QUEIJO CANASTRA

Terroir é uma palavra que vem lá da França, mas que nós explicamos de um jeito muito fácil. É o tipo de pastagem, o gado, o relevo, o clima, a pureza da água e outras características que fazem o nosso queijo ser único. É por isso que o legítimo Queijo da Canastra só pode ser feito aqui, na Região do Queijo da Canastra.

O queijo Canastra é considerado um artigo gourmet, cobiçado por consumidores e chefs de todo o país.

CARACTERÍSTICAS

Cor amarelada, massa homogênea, sabor forte e diferenciado. Essas são algumas características marcantes do tradicional queijo canastra, produzido na região da Serra da Canastra, localizada no Terroir do Cerrado, em Minas Gerais. “Por se tratar de um queijo de leite cru, ele é um alimento vivo, que não possui uma data de validade específica. O consumidor pode experimentar sabores diferentes do queijo canastra, dependendo do seu tempo de maturação”,


SÃO MAIS DE 200 ANOS DE TRADIÇÃO!

SEM MAIS DEMORAS, DOU UMA DICA “PROCÊS”.
SE NÃO QUISER PASSAR VONTADE, GARANTA UM “BÃO CAFEZIM” E UM
“QUEIJIM CANASTRA”, SE POSSÍVEL, UM “PÃOZIM DE QUEIJO TAMÉM!”
PEDE PARA “NÓIS UÁI”!!